Notícias

Tortelli adverte que crise da cadeia do leite levará à falência da agricultura familiar no RS

  • 21/02/2018
Category:

Notícias

A cadeia do leite no Rio Grande do Sul vive uma crise estrutural que pode levar a um processo de exclusão de famílias desta que é a principal atividade da agricultura familiar no estado. O alerta foi feito na manhã desta quarta-feira (21) pelo deputado estadual Altemir Tortelli (PT), que defendeu a adoção de ações mais fortes para enfrentar a pior crise que o setor atravessa nas últimas décadas, com a queda de preços e abandono da atividade por milhares de famílias.

Tortelli participou da reunião do Grupo de Trabalho da Cadeia do Leite da Assembleia Legislativa e relatou o universo de extrema dificuldade que encontrou no último final de semana em visita a propriedades da região Celeiro. O município de Tiradentes do Sul, de acordo com o Conselho de Desenvolvimento Agrícola, acumula prejuízo mensal próximo a R$ 1 milhão em função do preço pago ao produtor e pretende decretar estado de calamidade pública.

O deputado lembrou que o leite assegura a renda da maioria dos pequenos e médios municípios gaúchos e que a prolongada crise de preços dos lácteos impede que os agricultores quitem contas e dívidas de financiamentos. Na opinião de Tortelli, as ações dos governos estadual e federal estão muito aquém do que é necessário para debelar a crise. “Não podemos assistir ao desmonte de uma construção social e econômica de décadas sem protestar, temos que transformar o desespero e a desesperança em indignação e luta”, afirmou.

Depois do encontro, os integrantes do GT- parlamentares, representantes de entidades do setor e autoridades municipais- foram recebidos pelo chefe Casa Civil, Fábio Branco, para encaminhar o documento com a síntese das demandas apresentadas. Foi agendado o primeiro encontro de uma mesa de negociação com representantes das secretarias da Agricultura e Fazenda e do grupo de trabalho para a próxima segunda-feira (26). Também na próxima semana serão promovidos encontros nos ministérios de Comércio Exterior, da Agricultura, bem como com a Bancada gaúcha para tratar de crédito emergencial e financiamento, e buscar uma ação junto ao Ministério Público.

 

Tags: , ,