Notícias

Instalada Frente Parlamentar em Defesa das Técnicas Radiológicas

  • 30/05/2018
Category:

Sem categoria

Revisão da regulamentação profissional é um dos objetivos, segundo proponente, deputado Altemir Tortelli

Foi instalada na manhã desta quarta-feira (30), na Assembleia Legislativa, a Frente Parlamentar em Defesa das Técnicas Radiológicas. Proposto pelo deputado Altemir Tortelli, o espaço vai analisar o projeto de lei 3.661, do Senado Federal, que propõe alterações na regulamentação do exercício da profissão de técnico em radiologia. O objetivo é beneficiar cerca de 113 mil técnicos, tecnólogos, operadores e auxiliares de radiologia registrados no Brasil, sendo mais de 7 mil no Rio Grande do Sul, que atuam nos serviços de radiografia, radioterapia e tomografia.

O lançamento ocorreu durante audiência pública da Comissão de Saúde e Meio Ambiente que homenageou os 30 anos do Conselho Regional de Técnicos em Radiologia do Rio Grande do Sul (CRTR 06) no plenarinho da Assembleia.

Tortelli enfatizou a necessidade de discutir a oferta de formação de técnicos de nível superior em instituições públicas. “Cada vez é mais evidente a necessidade de um conjunto de tecnologias que dão suporte ao diagnóstico, portanto esta é uma categoria que precisa ter espaço, visibilidade e políticas públicas”, acentuou. O parlamentar também chamou a atenção para os ricos a que são submetidos os profissionais que lidam diariamente com radiação, as condições de trabalho e a escassez de investimentos públicos na área da saúde.

Atualmente, o Rio Grande do Sul dispõe de 26 escolas técnicas de radiologia, sendo apenas uma pública, que funciona junto ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Há quatro faculdades privadas, distribuídas em Canoas, igrejinha, Caxias do Sul e Santa Maria, e nenhuma instituição pública de ensino superior.

O presidente do Conselho Regional de Técnicos em Radiologia do RS, João Batista Benitz, lembrou que as primeiras turmas de tecnólogos em radiologia formaram-se nos anos 90 na Ulbra. Ele destacou a falta de curso superior gratuito no estado. “Precisamos estar unidos nas frentes parlamentares do Rio Grande do Sul e em Brasília, coordenada pelo senador Paulo Paim”, ressaltou. O senador participou da audiência por meio de um vídeo em que elenca um conjunto de temas a serem debatidos: reforma trabalhista, da Previdência, Emenda Constitucional 95 e financiamento do SUS.

O diretor do CRTR 6, Antônio Ubirajara Velho Gomes Jardim, ressaltou a atuação da entidade, que impede que leigos e profissionais não habilitados exerçam a função. O representante do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia, Rubens Acosta Machado, disse que é preciso investir na qualificação do ensino profissional, informando que a média de notas em concursos públicos obtidas pelos profissionais da radiologia é inferior às demais categorias da saúde. O tesoureiro da entidade, Gilmar dos Santos, lembrou que todos os setores da medicina utilizam os serviços dos profissionais da radiologia.

O presidente da Federação dos Empregado em Estabelecimentos de Saúde do RS (Feessers), Milton Kempfer, confessou que sonha em aglutinar todos os profissionais da saúde em uma única entidade, frisando que os técnicos em radiologia são submetidos aos mesmos efeitos de decisões políticas, a exemplo do encolhimento de repasses pelo governo estadual aos hospitais, que provoca atraso de salários e falta de condições de trabalho. O presidente da CUT-RS, Claudir Nespollo, acentuou a necessidade de resolver a precarização das condições de trabalho de todos os trabalhadores que se relacionam com radiação.

 

Ao final da audiência, o deputado entregou a Medalha da 54ª  Legislatura ao presidente do CRTR em homenagem aos 30 anos da instituição. Benitz, por sua vez, homenageou os ex-presidentes da instituição Antônio Ubirajara Velho, João Tavares Gomes, Luiz Guterres do Amaral e Célia Torres Blanco (em memória).

Tags: , , , , ,