Notícias

Comunidade do Piquiri retoma movimento pela abertura de escola

  • 05/03/2018
Category:

Notícias

A comunidade de Vila Piquiri vai buscar apoio junto ao poder judiciário, o Conselho Estadual de Educação e o Cpers Sindicato para pleitear a abertura da escola estadual no interior de Cachoeira do Sul. A decisão foi tomada na noite desta segunda-feira (05), durante reunião de moradores, alunos, pais, professores e representantes da Câmara Municipal com o deputado estadual Altemir Tortelli na sede da escola. Também foi definida a realização de audiência publica já aprovada pela Assembleia Legislativa no dia 21 de março, às as 19h, na Câmara de Vereadores daquele município, a promoção de mutirões para divulgar a retomada do movimento pelo funcionamento da escola e o lançamento de abaixo-assinado para coletar adesões na comunidade.

A inauguração da Escola do Piquiri é aguardado há mais de três anos pela comunidade local, situada a mais de 35 quilômetros do centro da cidade. Muitos estudantes enfrentam mais de quatro horas de deslocamento para chegar a seus locais de estudo. Com prédio orçado em cerca de R$ 1,3 milhão, a escola foi construída pela gestão anterior do governo do Estado.

A Escola Estadual do Piquiri deveria ter sido inaugurada em caráter emergencial em outubro de 2016, segundo compromisso assumido pelo então secretário de Educação Luís Antônio Alcoba em encontro com integrantes da comunidade da Vila do Piquiri e com o deputado Tortelli.

Na época, a Seduc ficou de resolver as questões jurídicas necessárias para que a escola recebesse recursos por parte do Estado e o transporte do mobiliário complementar de Porto Alegre a Cachoeira do Sul, além de concluir a obra de instalação dos contêineres onde funcionariam provisoriamente a cantina e a cozinha da escola.

Desta forma, seria possível atender os alunos da região até a conclusão do credenciamento e a autorização de funcionamento da escola junto ao Conselho Estadual de Educação.  Ficou a cargo da 24ª Coordenadoria Regional de Educação o procedimento de transferência dos professores já nomeados para atuar na escola, bem como dos alunos interessados em estudar na instituição. A reunião com Alcoba foi agendada pelo mandato de Tortelli, após audiência pública realizada na Vila do Piquiri, em 31 de agosto daquele ano.

Participaram da reunião representantes da comunidade Andre Piovesan, Beatriz Rodrigues e Vanessa Quadro; dos estudantes Natanael Piovesan e Thainara Rodrigues; o professor da Escola Municipal Sagrada Coração Jesus e conselheiro do nono ano Cleber Lima, vereadora Telda Assis e o ex-vereador Vinícius Cornelli.

Tags: , , , ,